Ouvidoria Câmara SBC
23/04/18 04:39
Menu

Manifestações

As manifestações aqui apresentadas são as públicas e as criadas por você.

Reclamação Número: 1524057681 em 18/04/18 10:21 (Aberto)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

Em primeiro lugar, o e-mail 'faleconosco@camarasbc.sp.gov' está com problema! Já começamos bem... Bom dia Vereadores, Não é possível que vocês não vejam o caos que existe na Avenida Samuel Aizemberg, há pelo menos, 10 anos. Comentários:  A condição da via é lamentável, toda esburacada;  Não existe faixa pintada/sinalização;  Não existe controle nenhum de fluxo de veículos nos cruzamentos;  O antigo prefeito esteve aqui, na Toledo do Brasil, há 6 anos atrás, informando que solucionaria o caos desta avenida;  É a única via da região que se conecta com a Imigrantes;  Existe um fluxo enorme de automóveis e caminhões;  Existem importantes empresas nos arredores;  Nos horários de maior fluxo, demora-se em média 30 minutos para se percorrer 500 metros; Tudo isto, somado à falta de educação de boa parte dos motoristas, acaba na instauração de um verdadeiro caos. Não me venham com a resposta de que as obras estão em andamento, pois uma coisa não tem nada a ver com a outra. A obra, que está se arrastando por 4 anos, acabou de chegar ao começo da Samuel Aizemberg, e pelo ritmo no “padrão gestão pública lamentável”, demorará mais uns 5 anos para que chegue à Imigrantes. Ações simples podem ser tomadas para minimizar o problema, no entanto, vocês não fazem absolutamente nada. Aposto que nenhum de vocês, “representantes do povo”, utiliza esta maldita avenida. Aguardo resposta. Obrigado. Filipe

Anexos:

Reclamação Número: 1521676317 em 21/03/18 20:51 (Fechado)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

Prezados, boa noite Em nome de todos os pais de alunos autistas tanto do município de SBC quanto do estado de SP, solicito por gentileza brevidade no assunto relacionado aos repasses de verbas para as escolas especias do estado. Como todos sabem essas escolas estão sem receber a meses ocasionando uma situação grave tanto na vida acadêmica quanto, na saúde das crianças quanto das famílias. Solicito uma posição da prefeitura de São Bernardo do Campo para averiguar e solucionar a questão junto ao estado de São Paulo. A forma qual os alunos estão sendo tratados pelo estado, não está sendo humanitário e sim um descaso total. Porém vale ressaltar que é um direto e dever do estado dar o amparo para nossas crianças autistas. Att. Michelle Monteiro

Anexos:

Fechado em: 23/03/18 18:16, Respondido em: 1 Dia(s) e 21 Hora(s)

Resposta:

Olá, Cidadão.

Recebemos sua manifestação solicitando diversos esclarecimentos com relação à repasse de verba estadual para as escolas especiais no município de São Bernardo do Campo.

Esta Ouvidoria Legislativa tem o papel de tratar de assuntos relacionados exclusivamente aos serviços, funcionários e administração do poder legislativo. Dessa forma, analisando sua manifestação, indicam-se dois caminhos:

Secretária: SUZANA APARECIDA DECHECHI DE OLIVEIRA

Endereço: Av. Wallace Simonsen, 222, CEP:09771-210, Nova Petrópolis 

Tel.: 2630-5130

  • Encaminharemos sua manifestação para o Chefe de Gabinete da Presidência da Câmara, Sr. Thiago Prezia (e-mail: tprezia@camarasbc.sp.gov.br), para que ele envie para as providências de três Comissões existentes nesta Câmara:

De Educação, Cultura e Esportes, aos cuidados do Presidente desta Comissão, Vereador Eliezer Mendes (Telefone: 4331-4297, e-mail: eliezermendes@camarasbc.sp.gov.br);

Das Pessoas com Deficiência desta Câmara Municipal, aos cuidados do Presidente desta Comissão, Vereador Samuel Alves (Telefone: 4331-4340, e-mail: samuelalves@camarasbc.sp.gov.br)

De Defesa da Criança e do Adolescente, aos cuidados do Presidente desta Comissão, Vereador Jorge Araújo (Telefone: 4331-4317,e-mailjorgearaujo@camarasbc.sp.gov.br )

Dessa forma, entendemos que, no que compete às atribuições desta Ouvidoria, com os contatos encaminhados para os respectivos agentes responsáveis, a manifestação está encerrada.

Ficamos à disposição para auxiliar neste ou em novos questionamentos.

 

Atenciosamente,

 

Ouvidor Legislativo

 

Anexos:

Solicitação Número: 1521556639 em 20/03/18 11:37 (Fechado)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

Venho por meio deste solicitar esclarecimentos que eu e muitos artistas da cidade têm quanto a situação da cultura em nossa cidade, visto que não tem sido possível o espaço diálogo entre os artistas da cidade e a SC: Sobre o Conselho Municipal de Cultura: -Qual o critério estabelecido para a formação do conselho municipal de cultura? -Por que não houve consulta/chamamento dos artistas para a participação do processo de posse do conselho? -Quando e onde acontecem as reuniões do conselho? Por que tais reuniões não são formadas com a presenta da sociedade civil? -Qual a pauta da última reunião? Possui ata? Como ter acesso a ela? -Onde temos acesso ao regimento do conselho? -De que forma os que compõem o conselho atuam ativamente no movimento cultural da cidade? -Por que não temos representantes ativos do audiovisual no conselho, visto que hoje temos uma escola de audiovisual na cidade? E o circo? Sobre os parques da cidade: - Solicitamos esclarecimentos quanto a privatização dos parques impedindo que os artistas da cidade sejam impedidos de exercerem seu ofício nos locais incluindo eventos artísticos de contribuição espontânea (chapéu) Sobre as apresentações nos teatro municipais: - Os artistas da cidade não possuem uma outra maneira que não seja agressivamente onerosa para apresentar nos teatros da cidade? Visto que os valores tanto em parques quanto nos teatros são fora da realidade de um artistas da região, diferente de atrações de circuito comercial. Solicito também uma reunião com os representantes da comissão de cultura da Câmara e também com representantes da Secretaria de Cultura a fim de entender a situação da cultura em nossa cidade visto que o diálogo não está sendo estabelecido e ações contra a cultura de nossa cidade estão sendo feitas de forma impositiva e autoritária. Aguardo retorno.

Anexos:

Fechado em: 23/03/18 18:00, Respondido em: 3 Dia(s) e 6 Hora(s)

Resposta:

Olá, Cidadão.

Recebemos sua manifestação solicitando diversos esclarecimentos com relação a política cultural no município de São Bernardo do Campo.

Esta Ouvidoria Legislativa tem o papel de tratar de assuntos relacionados exclusivamente aos serviços, funcionários e administração do poder legislativo. Dessa forma, analisando sua manifestação, indicam-se dois caminhos:

Secretário: Adalberto José Guazzelli

Endereço: Rua Bauru, 21, CEP:09751-440, Baeta Neves

Tel.: 2630-9301

Dessa forma, entendemos que, no que compete as atribuições desta Ouvidoria, com os contatos encaminhados para os respectivos agentes responsáveis, a manifestação está encerrada.

Ficamos à disposição para auxiliar neste ou em novos questionamentos.

Atenciosamente,

 

Ouvidor Legislativo

Anexos:

Denúncia Número: 1520982436 em 13/03/18 20:07 (Fechado)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

Prezadas Senhoras e Senhores Solicito gentilmente e urgentemente providencias para correção dos problemas citados abaixo, os quais são inadmissíveis e abomináveis para os infelizes consumidores e clientes do estabelecimento abaixo descrito. "O CNPJ DA LOJA DE CONVENIÊNCIA DO POSTO É (INVÁLIDO) (LOJA DE CONVENIÊNCIA) (13.267.276/0001-32); OS COMBUSTÍVEIS SÃO ADULTERADOS (BATIZADOS)”, ISTO É, MISTURADOS COM OUTRAS SUBSTANCIAS, E ISTO, PREJUDICA O MOTOR E DERIVADOS, DOS AUTOMÓVEIS. A atendente MILENA DE OLIVEIRA, de sua Loja de Conveniência, a qual trabalha no período vespertino (provavelmente das 6,00h ás 14,00hora), é usuária de Cocaína e é muito agressiva com os clientes, chegando a proferir palavras de baixo calão e até agride fisicamente os clientes que solicitam atendimento, inclusive cupom fiscal, pois permanece com seu celular em mãos, conversando com seus namorados; o gerente do estabelecimento é inócuo, isto é, não toma nenhuma providencia para punir a funcionária. Informes de agressão moral e fisicamente contra deficientes físicos e Idosos, são comuns neste local, inclusive trancamento de boxes de estacionamento, pelos usuários de drogas, os quais são íntimos da mesma atendente. Nos fins de semana À NOITE, neste estabelecimento a muito consumo de Substancias Tóxicas (COCAÍNA) E DEMAIS, no dia seguinte encontra-se no chão seringas, pinos de cocaína e pontas de cigarros de maconha (THC). O NOME DO INFORMADO ESTABELECIMENTO É: POSTO DE SERVIÇOS AUTOMOTIVOS E COMERCIO DE COMBUSTÍVEIS AMARULA LTDA - LOCALIZADO À AV. SENADOR VERGUEIRO Nº 4870 - RUDGE RAMOS - SÃO BERNARDO DO CAMPO - SÃO PAULO - CEP 09604-000 (CNPJ Nº 13.267.276/0001-82 - IE 6635379758115, TEL.: (11) 2143-3811 . PELOS INFORMES COLETADOS O ESTABELECIMENTO É DE PROPRIEDADE DO (PCC)." E SEUS “SÓCIOS” SÃO: “SÓCIOS DA EMPRESA”: “Nome (Luiz Alexandre Cavalari Caetano) Qualificação (49-Sócio-Administrador)”. “Nome (Alak Administração E Assessoria Empresarial Eireli) Qualificação (22-Sócio)”. Atenção consumidores, afastem-se deste

Anexos:

Fechado em: 19/03/18 14:25, Respondido em: 5 Dia(s) e 18 Hora(s)

Resposta:

Atendimento finalizado por motivo de manifestação duplicada, vide Denúncia Número: 1520982396 em 13/03/18 20:06 (Aberto)

Att,

 

Ouvidor Legislativo

Anexos:

Denúncia Número: 1520982396 em 13/03/18 20:06 (Fechado)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

Prezadas Senhoras e Senhores Solicito gentilmente e urgentemente providencias para correção dos problemas citados abaixo, os quais são inadmissíveis e abomináveis para os infelizes consumidores e clientes do estabelecimento abaixo descrito. "O CNPJ DA LOJA DE CONVENIÊNCIA DO POSTO É (INVÁLIDO) (LOJA DE CONVENIÊNCIA) (13.267.276/0001-32); OS COMBUSTÍVEIS SÃO ADULTERADOS (BATIZADOS)”, ISTO É, MISTURADOS COM OUTRAS SUBSTANCIAS, E ISTO, PREJUDICA O MOTOR E DERIVADOS, DOS AUTOMÓVEIS. A atendente MILENA DE OLIVEIRA, de sua Loja de Conveniência, a qual trabalha no período vespertino (provavelmente das 6,00h ás 14,00hora), é usuária de Cocaína e é muito agressiva com os clientes, chegando a proferir palavras de baixo calão e até agride fisicamente os clientes que solicitam atendimento, inclusive cupom fiscal, pois permanece com seu celular em mãos, conversando com seus namorados; o gerente do estabelecimento é inócuo, isto é, não toma nenhuma providencia para punir a funcionária. Informes de agressão moral e fisicamente contra deficientes físicos e Idosos, são comuns neste local, inclusive trancamento de boxes de estacionamento, pelos usuários de drogas, os quais são íntimos da mesma atendente. Nos fins de semana À NOITE, neste estabelecimento a muito consumo de Substancias Tóxicas (COCAÍNA) E DEMAIS, no dia seguinte encontra-se no chão seringas, pinos de cocaína e pontas de cigarros de maconha (THC). O NOME DO INFORMADO ESTABELECIMENTO É: POSTO DE SERVIÇOS AUTOMOTIVOS E COMERCIO DE COMBUSTÍVEIS AMARULA LTDA - LOCALIZADO À AV. SENADOR VERGUEIRO Nº 4870 - RUDGE RAMOS - SÃO BERNARDO DO CAMPO - SÃO PAULO - CEP 09604-000 (CNPJ Nº 13.267.276/0001-82 - IE 6635379758115, TEL.: (11) 2143-3811 . PELOS INFORMES COLETADOS O ESTABELECIMENTO É DE PROPRIEDADE DO (PCC)." E SEUS “SÓCIOS” SÃO: “SÓCIOS DA EMPRESA”: “Nome (Luiz Alexandre Cavalari Caetano) Qualificação (49-Sócio-Administrador)”. “Nome (Alak Administração E Assessoria Empresarial Eireli) Qualificação (22-Sócio)”. Atenção consumidores, afastem-se deste

Anexos:

Fechado em: 23/03/18 17:38, Respondido em: 9 Dia(s) e 21 Hora(s)

Resposta:

Olá, Cidadão.

Recebemos sua manifestação nesta Ouvidoria Legislativa, no entanto, esclarecemos que a competência deste canal - conforme orientamos na página inicial - é atender a solicitações, sugestões, reclamações, elogios ou denúncias relacionadas ao poder legislativo, ou seja, assuntos diretamente ligados às atribuições da Câmara, seus funcionários e serviços.

Sendo assim, não é possível dar andamento em situações de ordem pessoal, bem como de competência de outros poderes ou entes federativos. 

Dessa forma, tendo em vista as denúncias apresentadas, sugerimos que o cidadão acione a Polícia Militar do Estado de São Paulo ou o Ministério Público do Estado de São Paulo, que são órgãos que podem receber e apurar os fatos narrados.

Agradecemos o contato e ficamos à disposição para novas manifestações que possam vir a ocorrer.

 

Atenciosamente,

Kayo Felype - Ouvidor Legislativo

 

Anexos:



Sistema de ouvidoria - CMSBC