Ouvidoria Câmara SBC
21/09/17 01:55
Menu

Manifestações

As manifestações aqui apresentadas são as públicas e as criadas por você.

Reclamação Número: 1496123489 em 30/05/17 02:51 (Fechado)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

Bom dia! Tive 4 perdas gestacional na 3 perda fui até ubs onde moro o médico me encaminhou para passar com equipe de abortamento habitual do hospital das clínicas porém na ubs eles não sabem marcar ligar lá e marcar uma consulta falaram nunca fizeram isso é absurdo tive perder novamente por causa disso ubs do farina não sabe resolver quero muito saber se deve entrar com ação contra secretaria da saúde pq eu não aguento mais perder já 4 gestação e ninguém faz nada nem investigação isso é descaso.

Anexos:

Fechado em: 14/06/17 13:44, Respondido em: 15 Dia(s) e 10 Hora(s)

Resposta:

Olá, Sra. Juliana! Informamos que sua reclamação referente ao atendimento na UBS Farina tramitou nesta Câmara da seguinte forma: Como a gestão da UBS Farina é de competência do poder executivo municipal, as possibilidades de ação do poder legislativo se limitam as funções de representação e fiscalização através de seus vereadores, com o objetivo de defender o interesse público, compreender o ocorrido e indicar soluções ao executivo. Sendo assim, publicaremos sua manifestação no Boletim Informativo da Câmara Municipal para dar ciência a todos os vereadores. Não obstante, o Gabinete da Presidência da Câmara, entendendo que sua reclamação era de notório interesse público, encaminhou Ofício nº P-336/2017 no dia 13 de junho de 2017 à Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, para ciência, providências e esclarecimentos. Para além de nossa ação, a senhora pode obter mais informações diretamente junto à prefeitura, que é a responsável direta pela gestão da UBS, através do link: http://www.saobernardo.sp.gov.br/ouvidoria . Dessa forma, estamos encerrando este atendimento. Agradecemos sua colaboração com a ação fiscalizadora da Câmara e ficamos à disposição para eventuais dúvidas. (14/06/2017 às 13:45) _____________________________________MENSAGEM ANTERIOR: __________________________________[Olá, Sra. Juliana! Informamos que sua manifestação, Processo Administrativo número 231/2017, foi encaminhada ao Gabinete da Presidência da Câmara para direcionamento das ações a serem tomadas. Não obstante, você pode encaminhar sua manifestação também para a Ouvidoria da Saúde, vinculada ao poder executivo municipal, que é o responsável legal por gerir o serviço oferecido na UBS Farina e demais UBS de São Bernardo do Campo, pelo link: http://www.saobernardo.sp.gov.br/web/sbc/ouvidoria . Obrigado pela colaboração! (06/06/2017 às 14:45).] _____________________________________MENSAGEM ANTERIOR: __________________________________ [Olá, Sra. Juliana! Obrigado por entrar em contato com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo. Informamos que sua manifestação de protocolo nº 1496123489 já foi registrada e está sendo encaminhada internamente. Em breve, entraremos em contato novamente para informar quais os procedimentos serão adotados quanto a sua reclamação. Agradecemos, mais uma vez, por colaborar com a competência fiscalizadora da CMSBC! (05/06/2017 às 10:57).] Atenciosamente, Kayo Felype - Ouvidor Legislativo.

Anexos:

Reclamação Número: 1497201089 em 11/06/17 14:11 (Fechado)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

Caro Presidente, Pery Cartola: Informo que sou morador da Rua Carlos Ayres,230, Jd. Vera Cruz, e, estamos há muito tempo sendo obrigados a aceitar o fechamento de nossa rua, no mês de junho e dezembro por conta de um bar e de pessoas que não residem e nossa rua. O departamento de trânsito fecha a rua com a autorização de um vereador chamado Burguês, que não reside aqui. Ficamos impedidos de entrar em nossa própria residência. Os mesmos fazem abaixo assinado "falso" com pessoas de outros locais, e, nos tornam em cárcere privado. Portanto, solicito dessa casa as devidas providências, não permitindo que o departamento de trânsito conceda tal autorização. Ficaremos agradecidos pela ordem pública. Att Francisco Lima

Anexos:

Fechado em: 23/06/17 11:38, Respondido em: 11 Dia(s) e 21 Hora(s)

Resposta:

Olá, Sr. Francisco! Informamos que sua reclamação referente ao incômodo causado aos moradores com o fechamento de sua rua nos meses de junho e dezembro, tramitou nesta Câmara da seguinte forma: Como a gestão das vias públicas e segurança urbana é de competência do poder executivo municipal, as possibilidades de ação do poder legislativo se limitam as funções de representação e fiscalização através de seus vereadores, com o objetivo de defender o interesse público, compreender o ocorrido e indicar soluções ao executivo. Sendo assim, publicaremos sua manifestação no Boletim Informativo da Câmara Municipal para dar ciência a todos os vereadores. Não obstante, o Gabinete da Presidência da Câmara, entendendo que sua reclamação era de notório interesse público, encaminhou Ofício nº P-346/2017 no dia 21 de junho de 2017 à Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, para ciência, providências e esclarecimentos. Para além de nossa ação, o senhor pode obter mais informações diretamente junto à prefeitura, que é a responsável direta pela execução do serviço, pelo novo site: http://vcsbc.saobernardo.sp.gov.br/ . Dessa forma, estamos encerrando este atendimento. Agradecemos sua colaboração com a ação fiscalizadora da Câmara e ficamos à disposição para eventuais dúvidas. (23/06/2017 às 11:40) _____________________________________MENSAGEM ANTERIOR: __________________________________[Olá, Sr. Francisco! Informamos que sua manifestação, Processo Adminsitrativo número 244/2017, foi encaminhada ao Gabinete da Presidência da Câmara para direcionamento das ações a serem tomadas. Obrigado pela colaboração! (14/06/2017 às 10:20).]_____________________________________MENSAGEM ANTERIOR: __________________________________ [Olá, Sr. Francisco! Obrigado por entrar em contato com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo. Informamos que sua manifestação de protocolo nº 1497201089 já foi registrada e está sendo encaminhada internamente. Em breve, entraremos em contato novamente para informar quais os procedimentos serão adotados quanto a sua reclamação. Agradecemos, mais uma vez, por colaborar com a competência fiscalizadora da CMSBC! (12/06/2017 às 15:40).] Atenciosamente, Kayo Felype - Ouvidor Legislativo.

Anexos:

Reclamação Número: 1500383744 em 18/07/17 10:15 (Fechado)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

Bom Dia!!! Venho através desse meio fazer uma reclamação.... Tive minha moto roubada em Dezembro de 2016, minha moto foi encontrada abandonada em Janeiro de 2017 e acionamos a Polícia para seguir o procedimento para retirar o b.o. Resumindo, minha moto ficou presa, para q fosse feita perícia nela, mas até o momento não me devolveram, meu namorado perdeu o emprego que tinha fazendo entregas freelance, entrei com um advogado para tentar resolver a situação mas estão me cobrando diária e taxa do pátio de todo esse tempo que a moto está lá, quase 7 meses de taxa é mais do que o valor da moto que foi roubada, ou seja, fui vítima de roubo, quando acharam a moto eu fiquei feliz, avisei a Polícia para dar baixa na queixa e a moto ficou abandonada no pátio, a moto está com os documentos em dia, quitada e não foi guinchada e mesmo assim tenho que pagar? Até para leilão minha moto já foi, tive q ir no leilão evitar q a comprassem, não está certo isso. Por favor me ajude, o b.o foi feito no Oitavo DP, existe mais descaso, só para adiantar, toda a papelada, comprovante que a delegacia pediu pra mim e pra Honda já foram entregues. É UM ABSURDO TER QUE PAGAR AS TAXAS, SENDO QUE FUI VITIMA E NÃO CAUSADORA DA APREENSÃO. ME AJUDEM, POR FAVOR!!!! Suellen (11) 95974-7950

Anexos:

Fechado em: 20/07/17 11:23, Respondido em: 2 Dia(s) e 1 Hora(s)

Resposta:

Olá, Suellen.

Recebemos sua manifestação nesta Ouvidoria Legislativa, no entanto, esclarecemos que a competência deste canal - conforme orientamos na página inicial - é atender a solicitações, sugestões, reclamações, elogios ou denúncias relacionados ao poder legislativo, ou seja, assuntos diretamente ligados às atribuições da Câmara, seus funcionários e serviços.

Sendo assim, não é possível dar andamento em situações de ordem pessoal, bem como de competência de outros poderes ou entes federativos. 

Você pode obter algum auxílio jurídico junto à Defensoria Pública, que é uma instituição pública que presta assistência jurídica gratuita e integral a pessoas que não tenham condições financeiras de pagar por este serviço, atuando em casos da Justiça Estadual. Confira se o seu caso pode ser atendido nesta instituição: https://www.defensoria.sp.def.br/dpesp/.

Esclarecida a situação, daremos ciência ao Chefe de Gabinete da Presidência da Câmara, e consideramos essa manifestação encerrada. 

Agradecemos o contato e ficamos à disposição para eventuais manifestações que possam vir a ocorrer.

Atenciosamente,

Kayo Felype - Ouvidor Legislativo.

Anexos:

Reclamação Número: 1501234601 em 28/07/17 06:36 (Fechado)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

passei hospital Anchieta DR Cesar UROLOGISTA,foi solicitado exame ultrassonografia abdominal em 07/03/17 as 10:00 entregue para encaminhamento central de regulação estive recente no local para verificação dos autos e nada consta no sistema do amboratorio,meu retorno está agendado para24/10/2017,gostaria que vossa excelência verificasse o impasse. cartão do sus 898002307448871 SAME3214040 código 1066 atendimento 2491854 data nasc 01/11/1961

Anexos:

Fechado em: 28/07/17 11:29, Respondido em: 0 Dia(s) e 4 Hora(s)

Resposta:

Olá, Cidadão!

Recebemos sua manifestação nesta Ouvidoria Legislativa, no entanto, esclarecemos que a competência deste canal - conforme orientamos na página inicial - é atender a solicitações, sugestões, reclamações, elogios ou denúncias relacionados ao poder legislativo, ou seja, assuntos diretamente ligados às atribuições da Câmara, seus funcionários e serviços.

Sendo assim, não é possível dar andamento em situações de ordem pessoal, bem como de competência de outros poderes ou entes federativos. 

Você pode solicitar maiores esclarecimentos na própria Ouvidoria da Saúde, serviço que tem a finalidade de ouvir, encaminhar e responder as queixas, elogios ou denúncias feitas pelos munícipes em relação à assistência à saúde prestada pelo SUS, assegurando o acesso equânime e integral aos serviços da rede pública de saúde. A ouvidoria acolhe as manifestações, encaminha ao setor responsável, acompanha o prazo da resposta e dá retorno ao manifestante.

O contato pode ser feito diretamente no endereço do serviço, por telefone ou pela internet.
Rua Marechal Deodoro, 1.737 - Centro
tel.: 4127-2276
ouvidoria.saude@saobernardo.sp.gov.br
Formulário Web: www.saude.gov.br/ouvidoria.

Esclarecida a situação, daremos ciência ao Chefe de Gabinete da Presidência da Câmara, e consideramos essa manifestação encerrada. 

Agradecemos o contato e ficamos à disposição para eventuais manifestações que possam vir a ocorrer.

Atenciosamente, Kayo Felype - Ouvidor Legislativo.

Anexos:

Solicitação Número: 1494530832 em 11/05/17 16:27 (Fechado)
Resposta

Manifestação: Pública - Identificada

Texto:

Manifestação resultante do atendimento presencial – de forma excepcional, realizado pelo Ouvidor Legislativo a pedido do Presidente da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo. A saber, o relato a seguir é fruto do acolhimento, diálogo e percepção das demandas apresentadas pelos munícipes estudantes de cursos profissionalizantes e ensino de jovens e adultos (EJA) que vieram à Casa Legislativa no dia 11/05/2017 solicitar apoio para sanar seus questionamentos. Segue anexo o documento elaborado por este Ouvidor Legislativo para instruir a solicitação dos munícipes.

Anexos:

Fechado em: 30/05/17 16:53, Respondido em: 19 Dia(s) e 0 Hora(s)

Resposta:

Olá, Cidadãos! Informamos que sua reclamação referente aos esclarecimentos quanto ao fechamento de cursos profissionalizantes e de ensino de jovens e adultos em diversas unidades educacionais de São Bernardo do Campo, tramitou nesta Câmara da seguinte forma: Como a decisão quanto ao fornecimento e gestão de Cursos Profissionalizantes e Ensino de Jovens e Adultos (EJA) é de competência do poder executivo municipal, as possibilidades de ação do poder legislativo se limitam as funções de representação e fiscalização através de seus vereadores, com o objetivo de defender o interesse público, compreender o ocorrido e indicar soluções ao executivo. Sendo assim, publicamos sua manifestação no Boletim Informativo da Câmara Municipal para dar ciência a todos os vereadores. Não obstante, o Gabinete da Presidência da Câmara, entendendo que sua reclamação era de notório interesse público, encaminhou Ofício nº P-300/2017 no dia 23 de maio de 2017 à Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, para esclarecimentos. Para além de nossa ação, os senhores podem obter mais informações diretamente junto à prefeitura, que é a responsável direta pela gestão educacional. Dessa forma, estamos encerrando este atendimento. Agradecemos sua colaboração com a ação fiscalizadora da Câmara e ficamos à disposição para eventuais dúvidas. (30/05/2017 às 16:50) _____________________________________MENSAGEM ANTERIOR: __________________________________ [Olá, Cidadãos! Informamos que sua manifestação, Processo Adminsitrativo número 181/2017, foi encaminhada ao Gabinete da Presidência da Câmara para direcionamento das ações a serem tomadas. Obrigado pela colaboração! (22/05/2017 às 12:24).] _____________________________________MENSAGEM ANTERIOR: __________________________________ [Olá cidadãos! Obrigado por entrar em contato com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo. Informamos que vossa solicitação de informações de protocolo nº 1494530832 já foi registrada e está sendo encaminhada internamente pelo Processo Administrativo nº 181/2017. Em breve, entraremos em contato novamente para informar quais os procedimentos serão adotados quanto a vossa manifestação. Agradecemos, mais uma vez, por colaborar com a competência fiscalizadora da CMSBC! (17/05/2017 às 17:10).] Atenciosamente, Kayo Felype - Ouvidor Legislativo.

Anexos:



Sistema de ouvidoria - CMSBC